Pará deve receber mais de 80 mil turistas durante o Círio de Nazaré

Mais de 80 mil turistas e uma receita gerada de US$ 30,5 milhões. Estes são os números estimados para a edição deste ano do Círio de Nazaré, que foram apresentados pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) em parceria com o Departamento Intersindical de Estudos e Estatísticas Socioeconômicos (Dieese), na manhã desta quinta-feira (1º), no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia.

“Os números são fundamentais para o planejamento, não somente para o setor público quanto para o privado. A partir do estudo desses números é possível traçar estratégias dentro da dinâmica da festividade e da evolução da competitividade do mercado. Isso parte de um trabalho maior que tem como objetivo fazer gradativamente desse Estado a obra-prima da Amazônia”, disse o secretário de Turismo, Adenauer Góes. “O Pará é privilegiado por ter um produto turístico como o Círio de Nazaré, que atende o segmento religioso, trazendo novos postos de trabalho, geração de renda e melhor qualidade de vida ao paraense”.

A apresentação feita pelo supervisor técnico do Dieese, Roberto Sena, e pelo coordenador de Estudos, Estatísticas e Pesquisas da Setur, Admilson Alcântara, mostrou que o Maranhão (15,7%), Ceará (13,6%), Rio de Janeiro (11,6%), Amazonas (9,4%) e Bahia (7,1%) são os principais mercados emissores de turistas para a capital paraense por ocasião do Círio. A pesquisa revelou também que a principal faixa etária é de 35 a 50 anos (31,1%), que o avião (58,3%) é o meio de transporte mais usado, e os visitantes ficam hospedados preferencialmente na casa de parentes (33,2%) e hotéis (32,2%), permanecendo em média 7,38 dias em Belém.

Atrativos – “Somos o único Estado do país a ter uma pesquisa voltada ao segmento do turismo religioso com esta magnitude, de um ícone que é o Círio de Nazaré, com números consolidados e bastante consistentes”, destacou Roberto Sena. A Basílica de Nazaré (26%), Estação das Docas (24,3%), Ver-o-Peso (20,7%), Mangal das Garças (9,3%) e Portal da Amazônia (3,5%) são os cinco locais mais visitados e procurados pelo turista durante a estadia na capital paraense para a festividade do Círio. Além disso, os visitantes apontaram gastronomia, hospitalidade, pontos turísticos, religiosidade e cultura como os principais pontos positivos da cidade.

Durante a divulgação da pesquisa, a Setur e a Capitania dos Portos apresentaram a bandeira de identificação das embarcações participantes do concurso de embarcações da Romaria Fluvial e também os adesivos que serão colocados nos jet-skis que acompanharem a procissão das águas.

Foi divulgada também a agenda de trabalho do Círio 2015, com as programações e ações das diversas instituições parceiras, como a Diretoria da Festa de Nazaré, Espaço São José Liberto, organização social Pará 2000, Pastoral do Turismo, secretarias de Estado de Cultura (Secult), de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) e de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Coordenadoria Municipal de Turismo de Belém (Belemtur) e Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), entre outros.

Fonte:Agência Pará